Zahar

Blog da editora

Marielle Presente!, por Karina Kuschnir

06 de Abril de 2018

Há alguns dias abrimos espaço no blog para que nossos autores se manifestassem sobre o triste momento atual em que vivemos. O primeiro texto publicado foi do neurocientista americano Carl Hart, que você pode ler aqui.

A seguir, o depoimento da diretora da coleção Antropologia Social e autora da casa Karina Kuschnir.

“Há dez dias Marielle Franco e Anderson Pedro Gomes foram assassinados. Dor,  desilusão, raiva, é muito sentimento misturado. Estivemos nas manifestações, ouvindo, andando, gritando as palavras de ordem, nos emocionando, seguindo. Penso em todas as pessoas que perderam seus filhos, companheiros, representantes, amigos… mais uma tragédia no Brasil; e são tantas.

Ao invés de escrever, preferi desenhar. Tentei trazer alguns dos símbolos que ela representava: mulher, negra, favelada (por isso deixei as sobreposições) e bissexual (o lilás), sem deixar de ser sua própria, alegre, mistura. 

Foi muito difícil, fiz várias tentativas… Nessa versão, que sobreviveu, desenhei com caneta de nanquim permanente (Pigma Micron 0,2) olhando para uma foto tipo selfie da Marielle na Câmara dos Vereadores. Não é a foto mais bonita dela, mas é uma das poucas em que ela não está com seu largo sorriso lindo. (Quem desenha rostos, sabe como é quase impossível registrar sorrisos de uma forma que não fique horrível.)  Estava preto e branco, sem a menor graça. Aí lembrei de uma página de estudo em que pintei só misturas de aquarelas roxas, lilases e rosas. Escaneei, editei tudo no Photoshop e saiu assim. Depois escrevi o Marielle, presente! e encaixei na imagem. Fiquem à vontade para usar."

 

Em seu blog, Karina compartilhou também algumas palavras das pessoas que registraram esse momento ao longo desses tristes dias: https://karinakuschnir.wordpress.com/2018/03/23/marielle-presente/