Zahar

  • “Caríssimos amigos, estive impossibilitada de prestigiar o lançamento do livro sobre Jorge Zahar. Já soube que foi uma noite memorável - o que me deixou feliz e triste ao mesmo tempo por não ter podido estar. Gostaria que meus votos chegassem à Cristina, Aninha e a todos vocês. Sucesso de vida inteira, muito merecido. Com estima e admiração.”
    HELENA BOMENY
    autora de "Os intelectuais da educação"
  • “Queridas Crica e Nana, escrevo para dizer o quão feliz eu sou por trabalhar com vocês. Ver a emoção da Crica com a chegada de A marca do Z foi o melhor presente que eu poderia ganhar esse ano. Em meio a tantas crises, dificuldades, escândalos e desânimo generalizados é um alento saber que aqui encontro um lugar de acolhida, de respeito, de companheirismo.”    
    ANA PAULA TAVARES
    gerente editorial da Zahar
  • “Com a gravação do depoimento, tive a oportunidade de reviver muitos momentos da minha vida profissional e pessoal. Eu adorei e me emocionei de verdade.”
    MARI TABOADA
    colaboradora
  • “Escrevo para mandar um grande beijo pelo lançamento do livro e pelos 60 anos da editora! Obrigado por me possibilitarem fazer parte dessa história, tenho muito orgulho de ter trabalhado aí.”
    ARTHUR ITUASSÚ
    ex-editor e professor de comunicação da PUC-Rio
  • “Recebi com imensa alegria e saudade o anúncio de que vocês estão comemorando os 60 anos da Zahar e homenageando o Jorge. Que beleza! Lembrei do dia em que fui com o Gilberto Velho pela primeira vez falar com o Jorge sobre o livro Guerra de orixá. Eu tinha na altura 30 anos mais ou menos e morria de medo de tudo e especialmente das pessoas que eu julgava superiores e admirava. Jorge me falou com muito carinho e com aquela voz rouca da qual não esqueço e do jeito bem humorado de sempre. Não foi uma advertência, foi uma espécie de conselho e de aviso. Ouvi calada e só fui entender isso aos poucos ao longo da vida. Sua frase é inesquecível: "Você sabe que este livro vai mudar a sua vida pra sempre, não sabe?". Não me lembro o que respondi, acho que fiquei calada. E como este livro mudou minha vida! Eu passei a ser uma antropóloga de verdade depois dele e ao longo desses últimos 43 anos em que fui professora e pesquisadora na UFRJ, fui ganhando o respeito dos meus pares porque o livro de estreia me lançou de maneira surpreendente. Naquele tempo as meninas da minha família, diferentemente dos meninos, faziam no máximo o curso normal e não se aventuravam na vida universitária. Foi o Guerra de orixá que me deu segurança e que me retirou do destino que fora reservado às mulheres da minha família.”
    YVONNE MAGGIE
    autora de Guerra de orixá
  • “A Zahar é a grande responsável pela presença de obras clássicas e livros contemporâneos significativos na minha vida. São 60 anos de qualidade gráfica e de conteúdo, com títulos de valor inestimáveis e muito importantes para a evolução cultural no país, com traduções primorosas, edições excepcionalmente belas e profissionais comprometidos e dedicados."
    THALITA CHAMON
    blog House of Chick
  • “Já soube por amigos que o livro está muito bem escrito e fantástico mesmo. Vou ler e fazer um texto sobre, com certeza. A Zahar é muito importante na minha vida e na de tantas pessoas que amam livros, histórias & ideias! Acho tão bonito esse rumo que vocês seguem: honrando a história da família, sem deixar de se renovar e abrir para novos projetos, sempre com um amor e cuidado pelo objeto-livro que é único! Vida longa à Zahar, sempre ♥♥.”  
    KARINA KUSCHNIR
    autora de "O cotidiano da política" e "Antropologia da política", e diretora de coleção Antropologia Social na Zahar
  • “O nome de Jorge Zahar e seu legado estão marcados indelevelmente nas mentes e corações de gerações de brasileiros. A história da Zahar é uma história de 60 anos de amor aos livros e à disseminação de conhecimento.”
    RODRIGO TRESPACH
    escritor, historiador, e blogueiro parceiro
  • “Acabo de receber "A marca do Z". Lindíssimo. Só de folhear decretei: é leitura recomendada a editores, leitores e pessoas pensantes em geral. Parabéns.”  
    MARCELO LEVY
    diretor comercial da editora Todavia
  • "A Zahar foi uma das primeiras editoras a me despertar um olhar mais atento e exigente sobre o livro ilustrado e a literatura infantil. As publicações do selo Pequena Zahar não só são trazem alta qualidade literária como têm projetos editoriais impecáveis, que valorizam e engrandecem texto e ilustração. De grandes clássicos a modernas (e aclamadas) publicações, são livros que encantam crianças e surpreendem adultos!"  
    DAISY CARIAS DE OLIVEIRA
    blog A cigarra e a formiga
  • “Conheci a Zahar com O Lobo do mar, eu tinha um pouco de receio em relação aos clássicos, um pouco de preconceito e não sei dizer o motivo. Eu admito que o que me conquistou de início foi a edição, capa dura, notas, ilustrações originais, todo  o acabamento era impecável. A Zahar me proporcionou conhecer novos autores, novos gêneros e tirar um pouco daquele preconceito que eu tinha com os clássicos. Acabei também tendo a chance de ler toda a série Sherlock Holmes, que é um dos meus livros favoritos e ter isso na estante com uma edição bem acabada é incrível. Dá para sentir que em todas as publicações da editora são feitas com muito cuidado e dedicação, a Zahar se preocupa com seus leitores. Parabéns pelos 60 anos!“     
    DANIEL DESTRO
    youtuber do canal Então, eu li
  • “Tão incrível presenciar o sucesso de uma editora que preza pela qualidade dos projetos editoriais, que trata as obras que tanto amamos com um carinho absurdo e nos proporciona bons momentos literários! Isto se reflete, hoje, depois de 60 anos, no nome que a Zahar possui no mercado; estudo literatura e trabalho no meio editorial, e sempre que ouço falarem sobre a editora é de uma forma muito positiva. Enquanto booktuber, é maravilhoso ter a Zahar como parceira, pois procuro sempre entrar em contato e indicar os melhores trabalhos editoriais que temos à nossa disposição no mercado editorial.”
    MELL FERRAZ
    youtuber do canal Literature-se
  • “Sou fã do selo Pequena Zahar, pois respeita o leitor apresentando uma seleção de obras que priorizam a diversidade e imaginação, com histórias que surpreendem, estimulam e instigam quem lê. Um grande prazer ser parceira da editora. Parabéns pelos 60! Que venham muito mais, cheios de boas histórias pra compartilhar.”   
    FLÁVIA SCHERNER
    canal Fafá Conta
  • "60 anos das edições mais lindas dos livros que a gente ama. Parabéns editora Zahar pelo trabalho impecável que fez durante essas 6 décadas. Nós do Cabine Literária agradecemos por viver parte disso e estamos ansiosos pelo o que está por vir!"  
    LUCIA ROBERTTI, DANILO LEONARDI, CESAR SINICO E GABRIEL UTIYAMA
    canal Cabine Literária
  • "Os livros da Zahar não proporcionam apenas uma boa leitura, eles proporcionam uma experiência, uma viagem. Ao abrir um livro, sabemos que por trás existe uma história de muito trabalho ao longo de 60 anos. É carinho e respeito ao leitor desde a capa até a última página. Parabéns Zahar, sucesso e vitórias!"
    ANA E ELIZ ASSUMPÇÃO
    blog Leitora da Depressão
  • "60 anos de existência de uma editora é um marco, uma referência; é a confirmação clara de uma trajetória de sucesso, que segue tradicionalmente sendo representada por uma linha editorial edificante e necessária, para o crescimento e formação intelectual dos mais diversos tipos de leitores do nosso país."
    LEANDRO DE MATOS
    blog Nerd Pride
  • “No meio de uma noite insone, retomei a leitura que mal havia iniciado de "A marca do Z", do Paulo Roberto Pires. Fui lendo, ou melhor, saboreando, retrocedendo nas páginas, lendo de novo, lembrando de você Cristina, seus pais, Jorginho, Mariana, Clarice, Ana “baiana”, tantos mais, rememorando as duas festas de Natal a que tive o privilégio de ir na rua México – inclusive aquela em que o Chico Caruso desenhou o Jorge e que aparece no livro –, revivendo as preciosas oportunidades de convívio que tive com vocês ao longo de muitos anos. E bateu uma saudade grande, funda, imensa.”
    VERA RIBEIRO
    tradutora
  • "Na minha lembrança, a primeira vez que li um livro da Zahar foi no primeiro ano da faculdade de jornalismo: era hora de conhecer o Bauman. Depois disso vieram os clássicos, o Zweig, os livros de arte. São edições que fizeram parte da minha formação. Nesses 60 anos, meu desejo é que a Zahar continue formando leitores pelo Brasil." 
    GISELE EBERSPACHËR
    jornalista e blogueira parceira
  • “Cristina querida, gostei imensamente da matéria publicada no Caderno 2 do “Estadão” e, especialmente, das duas fotos, sua e seu pai. Esta me fez lembrar da primeira vez que o visitei no escritório na Rua México, no primeiro andar.  Eu estava tomando notas de nossa conversa quando seu pai me interrompeu perguntando: Que diabos você está escrevendo que não consigo ler nada!!! Minhas anotações eram taquigrafia!!! Minhas lembranças do seu pai e de toda a família são muitas e todas lindas.”  
    KARIN SCHINDLER
    agente literária
  •   Em meu nome e no do Sesc São Paulo, envio cumprimentos pelo lançamento do livro A Marca do Z e pela comemoração do aniversário da Editora Zahar, que há 60 anos vem contribuindo de forma pioneira e exemplar para o desenvolvimento das pessoas, do pensamento e do conhecimento. Parabéns a Cristina e a toda a equipe da Zahar! Realizações e sucesso sempre!  
    DANILO SANTOS DE MIRANDA
    diretor regional do Sesc SP
  • “Cristina, adorei o livro. Como escreve bem o Paulo Robero Pires! Acho que ele fez algo bem equilibrado contando a história da editora e do seu pai. O projeto gráfico está lindo. Um dos livros mais bonitos que chegou às minhas mãos nos últimos tempos. Creio que fui,  provavelmente,  de uma terceira geração de leitores da Zahar (fiz minha graduação entre 1982 e 1985), e muitos desses livros me marcaram. No final, fiquei ainda mais honrado em ter tido o privilégio de ter sido publicado por vocês.”  
    JAIRO NICOLAU
    Cientista político e autor de Representantes de quem?
  • “Chegando em casa me deparo com o livro, que imediatamente abri e além do texto fiquei tomada com as fotografias. Realmente, uma emoção. Muito feliz de participar deste momento com vocês. Parabéns e votos de êxito para frente, mantendo esse padrão de excelência.”  
    ANGELINA HARARI
    revisora técnica
  • “Se eu não estiver enganado, o primeiro livro da Zahar que eu li foi o Mozart: sociologia de um Gênio, em 2003. De lá para cá foram muitos. É muito prazeroso apresentá-los aos livreiros. Definitivamente, não dá para ser sociólogo sem ter passado pelos livros da Zahar. Parabéns pelos 60 anos!”  
    SERGIO EDUARDO
    gestor de vendas da Zahar
  • “A Zahar faz a diferença, no mercado, com a qualidade do catálogo e com o carinho especial com os funcionários.”  
    MARCELO PRAÇA
    gestor de vendas da Zahar
  • “Parabéns pela iniciativa e muito MUITO sucesso no lançamento. O espírito positivo do nosso querido Jorge estará presente!”  
    SONIA NOLASCO
    jornalista
  • "Recebi "A marca do Z". Uma belíssima homenagem! Trouxe-me lembranças muito caras de nossa convivência, de nossos encontros. E muitas saudades do Jorge. Lembrei-me muito do Dicionário básico de filosofia e da Iniciação à história da filosofia em que as orientações dele foram fundamentais e que são sucesso até hoje. Fiquei muito feliz em ver o Dicionário citado. Tem sido um grande prazer trabalhar com vocês e tenho a felicidade de ter convivido com o Jorge, uma pessoa com quem sempre se aprendia.”
    DANILO MARCONDES
    autor
  • “Em nome da Escola Brasileira de Psicanálise (EBP) com alegria, felicitamos a Zahar, a grande e corajosa editora, responsável pela publicação dos Escritos, Outros Escritos e Seminários do fundador da nossa Escola, Jacques Lacan, pelos seus 60 anos de existência. Felicitamos também o lançamento da biografia do seu fundador Jorge Zahar, que sempre com decidida independência tanto contribuiu para o amadurecimento cultural do nosso país. A marca do Z - A vida e os tempos do editor Jorge Zahar será uma leitura de grande interesse sobre aventura desse importante editor. Felicitamos também a sua filha Ana Cristina Zahar pela continuação da brilhante trajetória do seu pai.”
    FERNANDO COUTINHO BARROS e LUIZ FERNANDO CARRIJO DA CUNHA
    presidente e diretor geral da EBP
  • “Antes mesmo de começar a ler o livro, que já folheei (e me encantei com as fotos que incluem uma viagem a minha adolescência), quero agradecer e dar os parabéns por ter sido feito. Que maravilha. Considero o Jorge um homem exemplar (e já escrevi e publiquei isso...) que desempenhou um papel importantíssimo em nossa cultura e nossa cidade. Fundamental não deixar que essa memória se perca. Além de tudo, pessoalmente devo muito à paciência e sabedoria dele.”
    ANA MARIA MACHADO
    escritora